Send As SMS

« Home | A TVI assinala o 25 de Abril » | Porque ainda hoje há 25 de Abril » | Silva e o 25 de Abril » | ...era preciso marcar a data na mesa... ;) » | O 25 de Abril no "Abrupto" » | Alguém pode dizer isso ao homem? » | Um dia ainda vou escrever uma série de televisão V... » | Um dia ainda vou escrever uma série de televisão I... » | Lunático » | O 25 de Abril em Cascais »

Fax

Chegou-me ás mãos este fax, por cuja veracidade estou (muito) longe de por as mãos no fogo, mas que achei valer a pena publicar. O fax é (supostamente) endereçado da Presidencia do Conselho de Ministros e é dirigido a Fausto Correia. Foi divulgado pelo Portugal Diário:

"Na impossibilidade de o fazer pessoalmente, o Engº José Sócrates pediu-me para o contactar com urgência, para este fax privado na certeza de que o meu amigo compreenderá a necessidade de que esta mensagem não seja amplamente divulgada, pois destina-se apenas ao núcleo de pessoas do partido envolvidas na campanha do Soares. O que se passa é bastante grave e exige da nossa estrutura uma intervenção rápida e sigilosa. A sondagem porque aguardávamos foi-nos entregue hoje de manhã e indica claramente uma derrota de Soares em relação ao Alegre, numa diferençaque ultrapassa os 5%, sendo que a margem de erro desta sondagem é deapenas 3%. Também nas últimas sondagens a publicar esta noite e amanhãpela comunicação social esta derrota é evidenciada. Por outro lado, a hipótese do Cavaco não ganhar logo à primeira volta existe e não estácompletamente afastada. Na sondagem do PS indica 51%, mas como a margem de erro é de 3%, e com a tendência de descida que se verificou,é muito provável que o Cavaco fique abaixo dos 50% obrigando a umasegunda volta, por uma muito pequena diferença de votos. Neste caso,teríamos um cenário desastroso para o governo, para o PS e deixaria o Engº Sócrates numa posição fragilizada, ao ter avançado com acandidatura de Soares e ver-se depois obrigado a apoiar o Alegre paraa segunda volta, sendo certo que este poderá recusar publicamente esteapoio. Assim, o pedido que tem sido dirigido apenas ao núcleo de apoiantes da candidatura do Soares é de que tentem influenciar as pessoas que estão mais próximas de vós, sempre pessoalmente, para que votem em branco,ou mesmo que votem no Cavaco, para assegurar que não haja segunda volta, e o governo não saia fragilizado desta eleição. O melhor argumento a apresentar é de que uma segunda volta, a existir, será um desperdício de verbas do orçamento, uma vez que as sondagens indicam que se não passar na primeira volta o Cavaco ganhará folgadamente
contra o Alegre na segunda volta.
Escusado será insistir na confidencialidade deste assunto."

A Mesa de Café

Imprensa Desportiva

a mesa de café Blogger